novembro 17, 2009

a história da mudança [12] – achados

No meio dos guardados dos trigêmeos, achei os cadernos do infantil 2, primeiro ano de escola deles, em 2007. Era um caderno em que a Laurita anotava alguns recados e certas ‘ocorrências’ mais significativas. Achei o máximo. E ao invés de guardar o caderno, vou transcrever alguns trechos mais legais e armazenar digitalmente.

Por coincidência encontrei a Laurita na entrada da escola hoje. Como sempre um doce de pessoa, quis saber como estavam nossos preparativos pra viagem. Vamos sentir falta dela. E da escola também. Mas tenho quase certeza, pelo que pesquisei de educação no Canadá, de que as escolas em Calgary são tão boas ou melhores do que o Progresso.

3 comentários:

Glória disse...

Imagine esses tri falando em inglês o tempo todo !!! Sim, depois de um tempo, você e a Bia podem até falar em português com eles, mas (eles) responderão em inglês à vocês.
Vou ter que colocar o meu menino de seis anos na escola de inglês. Afinal a Laura e ele, no futuro, viverão uma linda estória de amor.
Ele cuidará da Laura como quem cuida do mais precioso diamante. O menino nasceu assim, para amar e cuidar.
Impressionante.

Jussara disse...

Eu tenho um caderno desse tipo de quando estava na pré-escola (4/5 anos)e acho muito legal. Tem tb umas coisas que minha mãe anotava, perguntas que eu fazia e etc. Pena que ela não anotou muita coisa, mas é bem bacana poder ler isso depois de grande.
Que legal que vc vai dividir alguns trechos com a gente!
E professoras como a Laurita fazem toda a diferença nos primeiros passos de uma criança na escola.

Paola Tavares Silva Wortman disse...

nos tb ja somo mais seletivos no que guardar. e uma boa solucao que encontramos foi fotografar os desenhos da mais velha e passar pro pc. ela mesma ja faz os criterios; fotografar e jogar fora, fotografar e guardar e os que e so pra mamae e papai ver e depois jogar fora - nao precisa fotografar.